O Observatório Internacional de Direitos Humanos com sede mundial em Portugal constituiu um cordão de solidariedade humana, composto por entidades, individualidades e cidadãos em geral de diferentes setores sociais, civil, militar e religioso, com o objetivo de homenagear as vítimas do COVID-19 e todos os profissionais que lutam contra esta pandemia.

Os momentos difíceis que o mundo atravessa, impõe à sociedade condicionantes de vária ordem, pelo que o Observatório Internacional de Direitos Humanos, para promover esta homenagem, sentiu necessidade de utilizar meios e estratégias adequadas.

Entre outros meios, incluem-se satélites para que equipas altamente qualificadas de radioamadores defensores dos Direitos Humanos da Associação de Radioamadores de Coimbra sediada no Observatório Astronómico da Universidade de Coimbra e, do Núcleo de Radioamadores da Armada sediado na Base Naval do Alfeite – Marinha Portuguesa, possam associar a esta homenagem, outros seres humanos que se encontram nos lugares mais recônditos do Planeta Terra.

Tendo em consideração que esta homenagem tem o seu “epicentro” em Portugal, país que acolhe o Observatório Internacional de Direitos Humanos, foi convidado o Colégio Militar na qualidade de Estabelecimento Militar de Ensino do Exército Português, para que o Hino de Portugal fosse cantado pelos alunos deste Colégio de Excelência.

Sendo a República Portuguesa um Estado de direito democrático que defende a Dignidade da Pessoa Humana em toda a sua dimensão, faz com que Portugal se torne numa referência para o mundo e num exemplo a seguir.

A Rádio Lajes da Força Aérea Portuguesa é com muito gosto que se associa a esta homenagem e integra o cordão de solidariedade humana. Em baixo, apresentamos o Hino de Portugal “A Portuguesa”.

(Visited 19 times, 1 visits today)