No âmbito do Dia da Floresta Autóctone, 18 militares e civis voluntários da Base Aérea n.º 6 (BA6) plantaram cerca de 250 pinheiros mansos nos terrenos da Unidade, nos passados dias 25 de novembro e 04 de dezembro.

O Dia da Floresta Autóctone foi estabelecido para promover a divulgação da importância da conservação das florestas naturais, apresentando-se também como um dia mais adaptado às condições climatéricas do nosso País para proceder à plantação de árvores, é um dia alternativo ao Dia Mundial da Árvore, o qual apresenta baixo sucesso na plantação associado ao aumento das temperaturas e redução das chuvas que se faz sentir com a proximidade do verão.

Uma floresta autóctone é composta por árvores originárias do próprio território. Estas florestas são mais adaptadas às condições do solo e clima do território e, como tal, são mais resistentes a pragas, doenças, longos períodos de seca ou de chuva intensa, em comparação com espécies introduzidas. Estas florestas, embora de crescimento lento, quando bem desenvolvidas, são normalmente mais resistentes e resilientes aos incêndios florestais.

BA6 não quis deixar de assinalar esta efeméride apostando no equilíbrio ecológico das suas paisagens, o que apenas foi possível com o contributo do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas que cedeu os pinheiros mansos.

Fonte: Emfa.pt

Fotografia: Emfa.pt

(Visited 5 times, 1 visits today)