A Força Aérea realizou, de 7 a 14 de setembro, 15 transportes médicos urgentes inter-ilhas, nos arquipélagos dos Açores e Madeira, dois transportes de apoio aéreo logístico para a Operação ÍNDALO, dois transportes de órgãos para transplante e 23 missões de apoio ao combate a incêndios.

No total foram transportados 18 doentes. Nove entre ilhas no arquipélago dos Açores, seis entre ilhas no arquipélago da Madeira.

Neste periodo, a aeronave C-130H, da Esquadra 501 – “Bisontes”, realizou ainda o apoio aéreo logístico, de Portugal para a Operação ÍNDALO, FRONTEX.

No âmbito do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais, foram 23 as missões de vigilância aérea realizadas.

Nestas missões estiveram envolvidas as Esquadras 501 – “Bisontes”, 502 – “Elefantes, 504 – “Linces”, 552 – “Zangões”, 601 – “Lobos” e 751 – “Pumas”.

A Força Aérea contabilizou, neste período de tempo, quase cento e vinte e cinco horas de voo.

Fonte: Emfa.pt

Fotografia: Emfa.pt

(Visited 7 times, 1 visits today)