A Ciberdefesa da Força Aérea acompanha atentamente as ameaças cibernéticas emergentes, recebidas por e-mail e nas redes sociais, relacionadas com o COVID-19.

Em conformidade com a situação atual recomenda-se que:

1. Não instale a aplicação COVID-19 Tracker (irá bloquear o seu telefone e pedir uma quantia monetária para o desbloquear);

2. Proteja os seus equipamentos informáticos e da sua familia;

3. Controle o acesso das crianças às plataformas digitais e o consumo de conteúdos;

4. Esteja atento no que concerne a compras online, o aumento das mesmas leva a um crescimento da presença de atores maliciosos que cometem fraudes tanto com os dados pessoais como com os dados bancários.  

Seja prudente em relação aos conteúdos digitais associados à temática da pandemia COVID-19, dê prioridade a fontes oficiais de informação. 

Fonte: Emfa.pt

Fotografia: Emfa.pt

(Visited 6 times, 1 visits today)